O melhor algoritmo da vida para o seu negócio

Depois de ficar sem Facebook por duas semanas… estou de volta!
E daquele jeito: IN-CRÍ-VEL !

Várias descobertas de um outro ponto de vista. E coisas maravilhosas como:
1 livro a mais
estudos em dia
blogs sensacionais
trabalho bombando
olhos nos olhos
e autoconhecimento!

maaaaaaaaaas… além de tantas coisas boas, não há nada melhor do que acompanhar AS HISTÓRIAS DOS NOSSOS AMIGOS ~queridos~ não é verdade?

Riqueza é ter amigos verdadeiros e histórias autênticas de vida pra viver e contar. Família, colegas e amigos que dão sentido à vida.

Se o Facetruque coloca (pelo seu algoritmo ninja) as pessoas com quem você mais interage no seu feed, por que na vida real seria diferente?

O fluxo de conteúdo é o mesmo!

Assim como no Face, empresas pagam para aparecer no “feed” das pessoas (televisão, revistas, ruas, estradas), mas esquecem que, o que vai realmente construir a relação das empresas com as pessoas, não é só a publicidade em si, é a relação das pessoas para as pessoas.

O melhor algoritmo que define essas conexões de conteúdo é = relação x interação. Pessoas com quem você possui laços fortes e de alta interação. São as que você mais irá receber conteúdo, seja ele o online ou offline, bom ou ruim. Você escolhe.

Digo offline porque o algoritmo da vida sempre foi assim: no contato humano há anos!

O que você aprende quando você vai almoçar com alguém do trabalho? Ou quando toma um café com os colegas da faculdade? Ou até mesmo na banca, na padaria, na fila do pão… nos lugares onde você diz “bom dia” e marca a sua presença? Essas também são conexões de conteúdo.

Nós sempre participamos de grupos. Não é preciso de internet para fazer parte de uma gangue.

As empresas estão penando muito para fazer essa relação, sabem por quê? Porque as pessoas precisam INTERAGIR com as outras. E não apenas receber publicidade paga, sem uma laço legítimo de conectividade, de interesse e relação.

No varejo, por exemplo, um vendedor de loja DEVE olhar nos olhos da freguesia, apertar a mão com vontade, e se for vender sapato: PEGAR NOS PÉS DO CLIENTE e ajudá-lo a calçar a coisa. E ainda sorrir, fazendo desse gesto com energia um propósito de vida no seu trabalho diário.

Mas não é o que não vemos em várias cidades do Brasil… onde o atendimento é precário. Os funcionários, na sua maioria, estão sempre pensando em si, no salário que vai cair, na comissão baixa, no gerente chato, na falta de prosperidade…

É um porre ser atendido por gente que não está motivada e muito menos valoriza a sua presença. Isso vale para qualquer profissão no mundo.

Qual cliente não sai satisfeito depois de um atendimento humanizado?
Estudos mostram que as pessoas não querem apenas comprar “coisas”, elas também querem EXPERIÊNCIAS.

Nesse sentido fica a dica pra quem faz mimi, paga de gatinho no Facebook e na vida real, sem realmente interagir com as pessoas: EMPATIA É TUDO!

Irão ganhar aqueles que mais chegarem próximos da conexão legítima de pessoa para pessoa, que é simplificada pelos olhos nos olhos e sorriso no rosto

De olho no futuro: marketing humanista

marketing humanista

Não é possível que ainda existam “profissionais de marketing” que não entendem qual é o propósito da profissão no século XXI.

Marketing não tem o único intuito de vender, nem de empurrar produtos pras pessoas comprarem. Marketing deve entender as necessidades das pessoas para entregar algo que solucione os problemas do cotidiano.

Se você não é de marketing, não confunda marketing com publicidade e propaganda.

Tem gente que ainda diz que marketing online serve apenas divulgação. Será mesmo? Os consumidores não interagem pelas redes sociais? Então o atendimento, a interação e a pesquisa online não entra dentro da matéria “marketing online”?

Existe um grande generation gap nessa profissão. Dos que se formaram nos anos 70, 80, 90 e ainda querem pregar conceitos do passado que não funcionam nos dias de hoje e dos que se “formam” agora ~pelo diploma comprado~ mas não sabe o que está falando por não AMAR DE VERDADE o que faz.

Além de lidar com esses dois perfis, de gerações diferentes, lidamos com pessoas que não são da área e vivem criticando o marketing em si como uma coisa ruim.

Será mesmo? Você já parou para estudar antes de criticar as coisas sem saber?

Quando as pessoas me olham estranho por falar que sou de marketing, logo penso “ela vai comer aquele produto saudável e livre de gordura trans graça a um entendimento do mercado ~de um marketing do bem~de que ele precisa desse alimento para ter uma vida melhor.

É claro que existe marketing ruim. Assim como existem médicos ruins, professores ruins, advogados ruins e por aí vai… Agora banalizar o marketing como uma profissãozinha de merda que só pensa em vender é, no mínimo, ignorância de quem não pára pra pensar o que é fazer marketing: é fazer um mercado novo, digno e voltado para o ser humano.

Estamos caminhando para um novo mercado, onde fora os 4P’s do marketing, temos o 5º P. O P de Propósito, de PESSOAS.

Arrisco aqui uma tendência que logo estará nas universidades e que todos deverão estudar pra fazer um mercado digno: o MARKETING HUMANISTA.

Espero no futuro poder escrever mais sobre isso pra conscientizar as pessoas que o foco não é vender, mas sim atender as necessidades de uma mercado que está em transformação e que é cada vez mais centrado no ser humano.

Startups poderão expor seus produtos e serviços na Campus Party Brasil #7

A Campus Party Brasil está convocando empreendedores de todo o país para o Startup&Makers Camp. Empresas já formadas e com produtos no mercado que queiram dar um gás em seus negócios. São denominadas Startups as empresas de software, como e Makers as empresas de hardware.

Em 2014 o evento terá 10% do seu espaço dedicado para Startups, com a presença de diversas entidades do ecossistema empreendedor brasileiro e um público potencial de milhares de clientes, com perfil inovador e conectado às novas tecnologias.

As 300 mais inovadoras do Brasil serão selecionadas para transferir seus escritórios durante os dias do evento para a arena aberta, onde irão expor as suas soluções. Cada empresa receberá uma estação de trabalho para até 4 pessoas. É a hora certa para testar e validar as ideias do negócio com o público da Campus Party Brasil!

makerscamp

O evento acontece de 27 de janeiro a 2 de fevereiro em São Paulo, no Anhembi Parque.

As inscrições vão até o dia 15 de dezembro e podem ser realizadas pelo link:
http://www.campus-party.com.br/2014/startup-makers-camp.html

Psicologia das cores #Infográfico

Já sabemos como as cores influenciam no comportamento do seu humano. E para um bom profissional de marketing é imprescindível que tenha conhecimento sobre a função das cores na hora de escolhê-las em determinadas peças, locais, imagens ou qualquer ação que envolva o impacto visual de uma cor.

O Infográfico abaixo foi o mais informativo que vi até agora. Encontrei ele no site Profissional de E-Commerce, produzido pelo Viver de Blog, que mandou muito bem.

Confira abaixo:
Infográfico_Psicologia_Cores_marketing

A Coca-Cola e a gestão da crise

Não é a primeira vez que abordamos o assunto aqui no MKTfocus. A Coca-Cola, por ter uma história incrível de branding e storytelling como exemplo, sabe trabalhar bem a gestão de uma crise.

comentarios-coca-cola-facebookO momento é delicado no Brasil, onde a piada do Rato dentro da garrafa toma conta de qualquer mesa de restaurante onde aparece a latinha vermelha, principalmente nas mídias sociais.

Sendo passageiro ou não, é bom que nós acompanhemos como a Coca-Cola tem lidado com a gestão de crises por meio da sua comunicação com os consumidores.

Veja abaixo o vídeo sobre a matéria do rato na garrafa e em seguida a resposta da Coca-Cola.

Vídeo publicado hoje na página da Coca-Cola no YouTube:

Laboratorium lança Curso de Inovação em Modelo de Negócios

bmgen-laboratorium-online

O curso Inovação em Modelos de Negócios foi criado pelo Laboratorium para quem quer inovar na criação do modelo de negócios ou se atualizar quanto ao tema. O conteúdo orienta para utilização do Canvas, a partir do referencial teórico do livro Business Model Generation, de Alexander Osterwalder e Yves Pigneur, acrescido da experiência adquirida nos projetos e produtos que os consultores do Laboratorium desenvolvem sobre esse tema.

Mais informações e inscrições: http://laboratorium.com.br/2013/09/curso-modelo-negocios/

Everybody wins with responsive web design #Infographic

Quando se fala em comunicação mobile o grande desafio é entregar a informação de uma forma agradável para quem recebe.

Adaptar o conteúdo ao tamanho ou tipo de tela é o foco do Design Responsivo. E a Synecore desenvolveu um infográfico interessante com algumas informações sobre o tema. Confira abaixo:
everybody-wins-with-responsive-web-design-infographic

Encontrei no Joe Gullo