>QUAL SERÁ O FUTURO DA INFORMAÇÃO?

>Eu não sei. Todo mundo quer saber. Um monte de gente fala que sabe, os profissionais de mídia, publicidade, marketing e jornalismo de grandes veículos parecem ter as tendências sempre na ponta da língua. Mas na verdade eles estão mais é com medo do que pode acontecer, do que com certeza do futuro próximo.

To cheio de ver palestrantes (me desculpem os que adoro) falando que o futuro pertence à informação colaborativa, isso tá mais na cara do que preço de pastel na feira.

Uma coisa é fato: o futuro pertence ao interesse coletivo, à evolução humana e ao comportamento das pessoas, que serão os principais atores da vez na era da informação colaborativa. Ainda são dados bem difíceis de serem mensurados. Quero ver quando a co-criação pegar (em massa), a co-operação (a verdadeira) criar forças e derrubar grandes poderosos pelo mundo inteiro. Quando houver acesso à informação, educação e colaboração de informação para TODOS, a grande mídia será nada mais, nada menos, que um mero veículo vagabundo de divulgação sem credibilidade (o que já é pra muita gente que tem o mínimo de inteligência).

Segue um vídeo bem bacana, que mostra o que pode acontecer com a informação colaborativa já em 2015.
O futuro está próximo. E agora nós podemos falar pra grande mídia, essa que adora fuzilar reputações (como disse Luis Nassif esses dias na twittcam) “Seu fim está próximo”.

Anúncios

QUAL SERÁ O FUTURO DA INFORMAÇÃO?

Eu não sei. Todo mundo quer saber. Um monte de gente fala que sabe, os profissionais de mídia, publicidade, marketing e jornalismo de grandes veículos parecem ter as tendências sempre na ponta da língua. Mas na verdade eles estão mais é com medo do que pode acontecer, do que com certeza do futuro próximo.

To cheio de ver palestrantes (me desculpem os que adoro) falando que o futuro pertence à informação colaborativa, isso tá mais na cara do que preço de pastel na feira.

Uma coisa é fato: o futuro pertence ao interesse coletivo, à evolução humana e ao comportamento das pessoas, que serão os principais atores da vez na era da informação colaborativa. Ainda são dados bem difíceis de serem mensurados. Quero ver quando a co-criação pegar (em massa), a co-operação (a verdadeira) criar forças e derrubar grandes poderosos pelo mundo inteiro. Quando houver acesso à informação, educação e colaboração de informação para TODOS, a grande mídia será nada mais, nada menos, que um mero veículo vagabundo de divulgação sem credibilidade (o que já é pra muita gente que tem o mínimo de inteligência).

Segue um vídeo bem bacana, que mostra o que pode acontecer com a informação colaborativa já em 2015.
O futuro está próximo. E agora nós podemos falar pra grande mídia, essa que adora fuzilar reputações (como disse Luis Nassif esses dias na twittcam) “Seu fim está próximo”.